Postado em 25 de Abril às 08h00

Produção de biogás cresce mais de 100% em três anos no Brasil

Notícias (6)

        A produção de biogás no Brasil cresceu muito nos últimos três anos. De acordo com um levantamento feito pelo CiBiogás em 2015 haviam 127 plantas cadastradas, em 2018 esse número subiu para 276 plantas, um crescimento de 117%. Em relação à quantidade produzida o crescimento foi ainda maior, 138%.


       Para Monique Riscado Stilpen, economista do Cibiogás, a geração distribuída foi o principal fator para este crescimento.

“A gente captou que cresceu bastante nos últimos anos, especialmente pela possibilidade da geração distribuída de energia. Hoje o produtor ele consegue produzir energia e conectar no sistema geral da rede de energia e consumir essa energia na propriedade dele ou até com terceiros, então isso fez com que o mercado tenha crescido nesses últimos anos.”

       Monique explica que até 2015 a maioria das plantas cadastradas pelo órgão eram de uso térmico, e após os ajustes da regulamentação em 2015 o número de plantas para uso elétrico se tornou maioria.

“Conseguimos observar uma mudança de comportamento. Em 2015 o uso era majoritariamente era térmico em 2018 captamos uma mudança de uso para majoritariamente elétrico e isso se dá principalmente pela possibilidade de geração distribuída de energia elétrica, e isso é um movimento mais recente porque a última regulamentação que melhorou esse cenário no brasil foi em 2015 que possibilitou novos modelos de negócios, então isso estimulou o mercado e isso fez crescer bastante o número de plantas nesse intervalo de tempo”.

       Hoje o Brasil produz 2.8 milhões m³ por dia de biogás. Segundo o levantamento a maior parte da produção está em São Paulo, porém os estados que possuem mais plantas são Minas gerais e Paraná. De acordo com a economista isso ocorre, pois em São Paulo estão as plantas de maior porte, enquanto nos demais estados as plantas tem um porte menor.

“Quando a gente fala desse número geral do Brasil a gente vê que as plantas com porte maior ainda são responsáveis pela maior parte de produção de biogás. Hoje 64% das plantas brasileiras são de pequeno porte, mas a produção de biogás nas plantas de grande porte é 69% de toda produção nacional”.

      As perspectivas para os próximos anos são bem positivas, aponta a economista. “Acho que a expectativa é continuar crescendo. No próprio cadastra já temos um valor significativo de plantas que estão em instalação e que irão entrar em operação em breve. Hoje são 82 plantas nesse estágio fora as outras que já estão em implantação”.

Veja também

Tratamento de efluentes em aterro sanitário05/07/17         Os aterros sanitários enfrentam grandes problemas com o tratamento do chorume originado da decomposição desses resíduos, principalmente devido à enorme quantidade produzida diariamente e a sua alta capacidade poluidora. Além disso, se tratado incorretamente pode causar danos ao meio ambiente, poluindo o solo, o ar, as águas superficiais e......
BRDE homenageia entidades e empresas parceiras durante a Mercoagro14/09/18           FIESC/IEL, Deatec, Finep, Kemia e Hub2b são os parceiros e clientes agraciados durante a programação da Mercoagro On Business. Entre 2013 e 2017, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul......
Kemia conquista prêmio nacional de química11/04 Atender às necessidades do presente sem comprometer as necessidades das futuras gerações, é o que empresas sérias procuram fazer. E quando uma empresa atinge o máximo, para contribuir ainda mais, ela é......

Voltar para Cases